A difícil escolha entre uma graduação e uma certificação

Frequentemente recebo e-mails ou mensagens com a pergunta o que é melhor fazer uma certificação ou uma graduação? Esta é uma dúvida que incomoda a maioria dos profissionais que estão entrando no mercado de trabalho, que como todos sabemos, está cada vez mais concorrido.

É claro que a experiência, traduzida na participação ou coordenação de projetos de sucesso, é um excelente item do currículo. Mas para os profissionais que ainda não tiveram a oportunidade de adquirir a prática, o que fazer?

As certificações são importantes e sem dúvida nenhuma muito valorizadas pelas empresas mas elas são limitadas. Estes cursos e títulos, como não poderiam deixar de ser, dão uma visão profunda sobre um aplicativo, equipamento ou sistema operacional específico. Comprovam que o profissional conhece bem aquele assunto mas isto não é tudo.

Para atuar com competência em qualquer área você também deve ter uma visão ampla do assunto, afinal não somos meros apertadores de botão ou digitadores de comandos. A tecnologia muda constantemente e precisamos de outros conhecimentos para compreender as tendências e mudanças no mercado. Pois este conhecimento geral e amplo a certificação não vai proporcionar ao profissional.

Se for escolher entre os dois considero a graduação é mais importante por permitir uma base para a construção de uma carreira sólida e duradoura. Pessoas com poucos meses de estudo podem conseguir uma certificação sobre um assunto específico mas uma graduação vai exigir muitas horas de estudo e prática em diversas disciplinas diferentes.

A graduação também pode abrir caminho para um estágio e com isto agregar experiência profissional para quem não tem. A partir disto fica mais fácil encontrar novas oportunidades de trabalho.

Outro conhecimento esquecido por muitos profissionais de TI é o idioma Inglês. Praticamente o idioma oficial da área. Se você precisa esperar que o conteúdo seja traduzido para o português para lê-lo vai ter acesso a informações com pelo menos 2 anos de atraso.

As certificações são como Pós-Graduações. Depois que você aprendeu a base de sua profissão agora pode se aprofundar em assuntos onde você deseja atuar.

Gilberto Sudré

Gilberto Sudre

Perito e Assistente Técnico em Computação Forense. Professor do IFES e coordenador do Laboratório de Pesquisa em Segurança da Informação e Perícia Computacional Forense.. Coordenador do Cisco Academy Support Center Ifes-ASC. Instrutor da Academia Cisco. Instrutor da Academia de Polícia do ES na área de Computação Forense. Professor da EMERJ - Escola da Magistratura do Estado do Rio de Janeiro no Curso de Aperfeiçoamento de Magistrados – Cibercrimes. Membro da Sociedade Brasileira de Ciências Forenses. Membro da HTCIA - High Technology Crime Investigation Association. Membro do Comitê Técnico CB21/CE27 - Tecnologia da Informação – Técnicas de Segurança da ABNT (Associação Brasileira de Normas técnicas). Membro fundador do DC5527, grupo local da Conferência Internacional de Segurança da Informação DEF CON. Comentarista de Tecnologia da CBN e TV Gazeta. Autor dos livros Antenado na Tecnologia e Redes de Computadores e co-autor dos livros Internet: O encontro de 2 Mundos, Segurança da Informação: Como se proteger no mundo Digital, Marco Civil da Internet, Processo Judicial Eletrônico e Tratado de Computação Forense.

Website: http://gilberto.sudre.com.br

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

CommentLuv badge