Android: Vitima do seu próprio sucesso?

O sistema operacional Android alcançou com menos de dois anos de mercado o que outros sistemas não conseguiram em muitos anos de existência.

Segundo a consultoria ComScore desde o início deste ano a plataforma Android tem 31,2% da fatia do mercado norte-americano de sistemas operacionais móveis garantindo a liderança da marca no segmento. Uma conquista e tanto que deixa o papai Google orgulhoso de sua “cria”.

Um ponto importante na aceitação do Android é a sua flexibilidade na utilização do sistema em diversos celulares de diferentes fabricantes. O que seria uma vantagem pode se tornar um problema.

Várias críticas estão sendo feitas ao Android por causa das diferentes versões utilizadas pelos fabricantes. Como o sistema é aberto ele permite que cada marca crie uma versão ligeiramente diferente das outras. A preocupação está em como o mercado irá se comportar com esta babel de sistemas aparentemente iguais mas nem tanto. É acompanhar e esperar para ver.

Esta semana uma nova ameaça surge o horizonte dos usuários do Android. Ao contrário da Apple Store que contêm apenas os aplicativos aceitos pela fabricante, no caso do Android Market a oferta de aplicativos é mais democrática e permite que os desenvolvedores publiquem aplicações de acordo com os interesses e exigências de seus clientes. Esta flexibilidade na oferta de aplicativos, é uma excelente característica mas quando não administrada adequadamente pode oferecer riscos aos usuários.

Pois foi exatamente isto que aconteceu. Vários aplicativos do Android Market foram identificados como maliciosos e potencialmente perigosos a privacidade dos usuários. Quando notificado o Google removeu imediatamente os programas da loja de aplicativos e aparentemente os danos foram pequenos. Considerando o sucesso do Android, caso o Google não tome cuidado, esta situação vai piorar.

Para quem usa o Android como tentar proteger o seu Smartphone de ser infectado? Mesmo com os problemas ocorridos use apenas a Android Market para baixar e instalar aplicativos. Antes de utilizar um aplicativo faça uma pesquisa para saber como ele está se comportando em outros usuários que já o instalaram. Todo aplicativo ao ser instalado solicita permissões para acesso as suas informações privadas. Desconfie de aplicativos que pedem acesso a recursos desnecessários. Por último sempre instale um antivírus no seu Smartphone.

É isto ai.. Vida Virtual, riscos bem reais.

Gilberto Sudré

Gilberto Sudre

Professor do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do ES - IFES. Consultor e Pesquisador nas áreas de Segurança Digital e Computação Forense. Coordenador do Laboratório de Segurança Digital e Perícia Computacional Forense – LABSEG. Integrante do Comitê de Tecnologia da OAB-ES. Instrutor na disciplina de Perícia Computacional Forense da Academia de Polícia Civil do ES – ACADEPOL. Instrutor da Academia de Computação Forense Livre. Membro do comitê técnico CB21/CE27 da ABNT sobre Segurança da Informação. Membro do Grupo de Pesquisa – Justiça e Direito Eletrônicos – GEDEL. Comentarista de Tecnologia da Rádio CBN, TV Gazeta. Articulista do Jornal A Gazeta, Revista ES Brasil e Portal iMasters. Autor dos livros Antenado na Tecnologia e Redes de Computadores e co-autor dos livros Internet: O encontro de 2 Mundos, Segurança da Informação: Como se proteger no mundo Digital, Marco Civil da Internet e Processo Judicial Eletrônico.

Website: http://gilberto.sudre.com.br

1 Comentário

  1. Gilberto

    É verdade. Acabei de comprar um Sony Experia Neo e não gostei do que vi. Fiz a atualização para o 2.3.4 e já tive problemas com a Claro. Tive que trocar o SIM card. Agora está funcionando corretamente.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

CommentLuv badge