Boas maneiras no uso dos Celulares

Não temos mais como fugir, os celulares e smartphones estão em todos os lugares. Mesmo sendo ferramentas importantes para a vida moderna eles não podem acabar com a nossa civilidade, ou seja, celulares e boas maneiras não precisam ser inimigos.

Pensando nisto vamos conhecer algumas sugestões para aproveitar estes dispositivos de forma a não incomodar quem está a nossa volta.

É certo que as redes sociais e os smartphones geram uma atração quase que incontrolável para muitas pessoas mas ao andar por ai não fique distraído, principalmente com celular ou tablet na mão. Isto vai evitar encontrões, quedas e até atropelamentos. Se for anotar ou consultar alguma informação no seu dispositivos móvel pare em um espaço seguro e que não atrapalhe os outros.

Se você acha que suas músicas preferidas irão agradar a todos pode ter certeza que nem todos tem esta opinião. Seja uma boa pessoa e use fones de ouvido. Isto vai evitar incomodar quem estiver a sua volta como também vai melhorar a qualidade do som. Em geral os alto-falantes dos smartphones e tablets são de baixa qualidade.

Poupe seus companheiros da obrigação de ouvir sua conversa ao telefone, principalmente se o local for barulhento e seja necessário gritar. Assim só utilize o viva-voz quando estiver sozinho.

Tirar fotos é uma prática bem legal mas um tablet com tela de 10 polegadas está longe de ter o mesmo tamanho de uma câmera compacta ou de um smartphone. Desta forma, cuidado ao levantar o tablet para fotografar e atrapalhar quem também está tentando registrar a paisagem.

Usar o celular enquanto se está sentado na plateia de um cinema ou teatro é uma distração e um incômodo para as pessoas ao seu redor. E não estou me referindo a falar ao celular, o simples ato de usar o aparelho já atrapalha muito com a luz da tela. Ou seja, celular no cinema ou teatro nem pensar! Nestas ocasiões o lugar do aparelho é no bolso ou bolsa e em modo avião.

Quando em família, aproveite os momentos e deixe a tecnologia de lado. Aos pais fica a responsabilidade de ensinar às crianças sobre as regras para o comportamento adequado no uso dos smartphones.

Agora a situação complicada, no restaurante. Evite de colocar o telefone em cima da mesa e caso for absolutamente necessário deixá-lo sobre a mesa, vire a tela para baixo. Não use o smartphone enquanto fala com o garçom ou se houver outras pessoas na mesa. E na hora de pagar a conta pare o que estiver fazendo em seu smartphone e atenda ao funcionário. Além de ser a questão de respeito a outro ser humano, isto também ajuda a reduzir o tempo de atendimento e fará a fila andar mais rápido.

Com estas dicas simples vamos evitar que a tecnologia se torne um problema para o nosso dia a dia.

Gilberto Sudré

Gilberto Sudre

Professor do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do ES - IFES. Consultor e Pesquisador nas áreas de Segurança Digital e Computação Forense. Coordenador do Laboratório de Segurança Digital e Perícia Computacional Forense – LABSEG. Integrante do Comitê de Tecnologia da OAB-ES. Instrutor na disciplina de Perícia Computacional Forense da Academia de Polícia Civil do ES – ACADEPOL. Instrutor da Academia de Computação Forense Livre. Membro do comitê técnico CB21/CE27 da ABNT sobre Segurança da Informação. Membro do Grupo de Pesquisa – Justiça e Direito Eletrônicos – GEDEL. Comentarista de Tecnologia da Rádio CBN, TV Gazeta. Articulista do Jornal A Gazeta, Revista ES Brasil e Portal iMasters. Autor dos livros Antenado na Tecnologia e Redes de Computadores e co-autor dos livros Internet: O encontro de 2 Mundos, Segurança da Informação: Como se proteger no mundo Digital, Marco Civil da Internet e Processo Judicial Eletrônico.

Website: http://gilberto.sudre.com.br

3 Comentários

  1. O que mais me deixa nervoso é quando vou sair com os amigos e ele só ficam mexendo no celular, assim deixamos de botar nossas conversas em dia! É muito chato.

  2. Rodrigo Barros

    O pior de tudo é quando você está lendo um livro no banco da praça da faculdade, aí chega uma pessoa falando ao celular no viva-voz e senta ao seu lado sem desconfiar. Isso aconteceu comigo…

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

CommentLuv badge