Cuidado onde você recarrega seu Celular

 

Quem nunca passou pela situação de estar com a bateria do Celular faltando pouco para acabar e encontra algum posto de recarga público ou alguma alma caridosa que oferece uma porta USB para que você possa recarregar seu celular. Pois apesar destas situações serem bastante convidativas talvez não sejam muito seguras.

O problema é que os celulares carregam muitos dados privados atualmente e estes podem ficar expostos quando estão conectados a computadores ou caso um atacante tenha preparado uma armadilha em postos de recarga públicos.

Durante a conexão com o cabo USB, o telefone passa, pelo cabo, informações para o computador como por exemplo o nome, o fabricante, número de série, sistema operacional e até a lista de arquivos que estão armazenados em sua memória. É o ataque conhecido como “juice-jaking”.

A partir de então, o celular pode ser infectado por um vírus, as arquivos podem ser copiados para o computador ou é possível que o atacante monitore as atividades do aparelho usando o ID (código de identificação) do dispositivo.

Caso o aparelho seja infectado por um programa malicioso os arquivos podem ser criptografados impedindo seu acesso (e com o atacante solicitando um resgate para que o usuário consiga retomar p acesso aos seus arquivos) ou mesmo o desvio da navegação na Internet para páginas falsas disfarçadas de oficiais que poderiam obter informações pessoais do usuário, como dados bancários.

Então o que fazer para se proteger?

No caso da necessidade de carregar a bateria do Celular dê preferência a levar seu próprio carregador e ligá-lo a uma tomada elétrica. Caso isto não seja possível existem cabos e conectores que permitem a carga mas bloqueiam o tráfego de dados entre o Computador / Estação de recarga e o seu celular. Se você decidir correr o risco e recarregar em um local menos confiável, não desbloqueie o aparelho durante a recarga ou faça a recarga com o aparelho desligado.

Além destes cuidados é sempre recomendável que você ative as funções de encriptação e autenticação do seu celular e proteja seu telefone com uma boa senha.

Por fim mas não menos importante use um bom antivírus instalado em seu Celular.

Gilberto Sudré

Gilberto Sudre

Professor e Pesquisador da FAESA – Centro Universitário e IFES - Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do ES. Coordenador do Laboratório de Pesquisa em Segurança da Informação e Perícia Computacional Forense - LABSEG. Perito e Assistente Técnico em Computação Forense. Instrutor da Academia de Polícia do ES na área de Computação Forense. Membro da Sociedade Brasileira de Ciências Forenses. Membro da HTCIA - High Technology Crime Investigation Association. Liderança do Singularity University - Vitória Chapter. Membro fundador do DC5527, grupo local da Conferência Internacional de Segurança da Informação DEF CON. Articulista do Jornal A Gazeta. Autor do Blog Conexão Digital. Comentarista de Tecnologia da Rádio CBN e TV Gazeta. Autor dos livros Antenado na Tecnologia e Redes de Computadores e co-autor dos livros Internet: O encontro de 2 Mundos, Segurança da Informação: Como se proteger no mundo Digital, Marco Civil da Internet, Processo Judicial Eletrônico e Tratado de Computação Forense.

Website: http://gilberto.sudre.com.br

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

CommentLuv badge