Cuidados para quem usa o computador

Usamos o computador para muitas atividades como navegar na Internet, editar textos e planilhas, conversar e jogar. Tudo isto acaba nos deixando na frente da telinha por muitas horas e pode ser a causa de diversos problemas como dores nos olhos, braços, ombros e mãos. Com se proteger para que o seu “hardware” não apresente problemas antes da hora?

Uma das patologias cada vez mais freqüentes é a chamada Fadiga Visual ou Síndrome do Usuário de Computador, conhecida também como CVS (Computer Vision Syndrome). Este problema tem como principais sintomas os olhos irritados, ressecados e vermelhos, com coceira ou lacrimejamento, fadiga, sensibilidade à luz, sensação de peso das pálpebras e dificuldade em focar as imagens, enxaquecas, dores lombares e musculares.

Vamos a algumas dicas simples do que fazer para evitar que você seja vitima deste mal?

Primeiro procure piscar com freqüência. Já foi provado que a radiação emitida pelo computador não prejudica os olhos, mas o hábito de ficar muitas horas com os olhos focados no monitor causa desconforto visual e visão embaçada. Ao usar o computador, o usuário mantém o globo ocular fixo o que prejudica a umidade natural dos olhos. Os colírios podem ajudar mas sempre consulte seu oftalmologista quanto ao produto ideal a ser utilizado.

Para relaxar procure fazer dar uma parada de 10 minutos a cada hora. Aproveite para se levantar, andar um pouco, alongar os músculos dos ombros, costas, pescoço, mãos e braços. Na volta observe sua postura durante o trabalho, procurando manter-se ereto. Ajuste sua cadeira de forma que suas costas estejam firmemente apoiadas no encosto e seus pés totalmente apoiados no chão.

O local de trabalho é muito importante, assim organize para que o telefone, máquina de calcular, porta-lápis e outros acessórios estejam o mais próximos possível do monitor. Isto vai diminuir a extensão dos movimentos para alcançá-los. Se você vai digitar o conteúdo de documentos procure utilizar pranchetas com apoio ou suportes para mantê-los perto da tela. Desta forma os movimentos da cabeça e dos olhos serão menores.

O topo do monitor deve estar na altura dos olhos ou ligeiramente abaixo e a distância da tela deve estar entre 50 e 70 centímetros dos olhos. Tenha cuidado com luzes incidindo direto sobre os seus olhos (como luminárias de mesa) e ilumine bem o ambiente onde está localizado o computador. Se necessário, utilize um filtro anti-reflexo na tela do computador. Não se esqueça do teclado. Este deve estar na altura de seus cotovelos, assim como o mouse.

É bom lembrar de visitar regularmente o seu oftalmologista e, se este for o seu caso, manter as receitas de óculos sempre atualizadas.

Com estas dicas o uso do computador por longo tempo vai ficar um pouco mais confortável.

Gilberto Sudré

Gilberto Sudre

Professor do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do ES - IFES. Consultor e Pesquisador nas áreas de Segurança Digital e Computação Forense. Coordenador do Laboratório de Segurança Digital e Perícia Computacional Forense – LABSEG. Integrante do Comitê de Tecnologia da OAB-ES. Instrutor na disciplina de Perícia Computacional Forense da Academia de Polícia Civil do ES – ACADEPOL. Instrutor da Academia de Computação Forense Livre. Membro do comitê técnico CB21/CE27 da ABNT sobre Segurança da Informação. Membro do Grupo de Pesquisa – Justiça e Direito Eletrônicos – GEDEL. Comentarista de Tecnologia da Rádio CBN, TV Gazeta. Articulista do Jornal A Gazeta, Revista ES Brasil e Portal iMasters. Autor dos livros Antenado na Tecnologia e Redes de Computadores e co-autor dos livros Internet: O encontro de 2 Mundos, Segurança da Informação: Como se proteger no mundo Digital, Marco Civil da Internet e Processo Judicial Eletrônico.

Website: http://gilberto.sudre.com.br

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

CommentLuv badge