Dicas para e-consumidores

Finalmente dezembro chegou. Para muitos é hora de ir as compras dos presentes de natal e uma forma cada vez mais comum de fazer isto é através da Internet. O comércio eletrônico oferece muitas vantagens aos consumidores como a possibilidade de escolher os produtos e comparar preços sem precisar sair de casa. Mas nem tudo é tranquilidade. Para evitar dores de cabeça o internauta deve ficar atento a algumas questões na hora de fazer suas compras eletrônicas.

O primeiro passo é identificar o site, ou loja virtual, para saber se ele tem CNPJ, razão social e está legalmente estabelecido. Desconfie de sites onde a única forma de contato é feita por e-mail ou celular.

Como você provavelmente vai ter que enviar para o site seus dados pessoais como nome, endereço e número de cartão de crédito, fique atento à forma de comunicação disponível para isto. Os sites devem oferecer pelo menos a criptografia SSL. Aquela onde o endereço da página começa com “https” e que, quando carregada, exibe um cadeado fechado no canto direito inferior do navegador. É interessante que você clique neste cadeado e verifique se a identidade do site está válida e foi emitida e certificada por um cartório digital.

Muitas lojas solicitam que você informe uma senha pessoal para sua identificação. Trate esta senha com cuidado pois ela diz para a loja que é você que está fazendo as compras. Escolha uma senha de no mínimo 7 dígitos alfanumérica e a mantenha bem guardada.

Na hora de escolher o produto, verifique as especificações técnicas e veja exatamente o que está incluído no que você está comprando. Veja no exemplo das câmeras digitais. É comum que não estejam incluídas as memórias, ou caso acompanhem o produto sejam de baixa capacidade, o que obriga, na maioria das vezes a compra de cartões adicionais.

Utilize a flexibilidade da Internet a seu favor. Vá a outras lojas virtuais e compare preços, características técnicas, formas de pagamento e o que é oferecido em cada situação.

Se você ainda está em dúvida sobre uma loja virtual, produto ou serviço dê uma passada no Reclame Aqui (http://www.reclameaqui.com.br). Esta é uma comunidade de usuários, com um nome bem sugestivo por sinal, onde você pode saber sobre a qualidade no atendimento de empresas ou a satisfação com produtos e serviços adquiridos.

Como seguro morreu de velho, tal qual nas lojas convencionais, guarde registro de tudo. Seja e-mails que você recebeu ou mesmo cópias das telas com as promoções e informações que você preencheu. Tudo isto vai facilitar muito na hora de resolver algum problema.

Agora é navegar tranquilo em direção a sua loja preferida.

Gilberto Sudré

Gilberto Sudre

Professor do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do ES - IFES. Consultor e Pesquisador nas áreas de Segurança Digital e Computação Forense. Coordenador do Laboratório de Segurança Digital e Perícia Computacional Forense – LABSEG. Integrante do Comitê de Tecnologia da OAB-ES. Instrutor na disciplina de Perícia Computacional Forense da Academia de Polícia Civil do ES – ACADEPOL. Instrutor da Academia de Computação Forense Livre. Membro do comitê técnico CB21/CE27 da ABNT sobre Segurança da Informação. Membro do Grupo de Pesquisa – Justiça e Direito Eletrônicos – GEDEL. Comentarista de Tecnologia da Rádio CBN, TV Gazeta. Articulista do Jornal A Gazeta, Revista ES Brasil e Portal iMasters. Autor dos livros Antenado na Tecnologia e Redes de Computadores e co-autor dos livros Internet: O encontro de 2 Mundos, Segurança da Informação: Como se proteger no mundo Digital, Marco Civil da Internet e Processo Judicial Eletrônico.

Website: http://gilberto.sudre.com.br

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

CommentLuv badge