O que esperar da tecnologia em 2012

O ano de 2011 se foi e 2012 já está a pleno vapor, pelo menos para muitos brasileiros. Ano novo e novas expectativas para as novidades que a tecnologia nos reserva.

Prever o futuro é algo arriscado que muitos tentaram e falharam. A ideia aqui não é fazer um exercício de adivinhação mas analisar algumas fortes tendências que estarão entre nós para 2012.

Começando pela TV Digital. Finalmente, ao que parece, a tão falada interatividade vai acontecer. Os fabricantes da maioria dos aparelhos de televisão fabricados na Zona Franca de Manaus já anunciaram que as TVs lá produzidas estarão equipadas com o Ginga, um software livre nacional que possibilita que ao telespectador a interatividade na TV digital brasileira. Isto vai permitir que o telespectador consulte informações sobre a programação, faça compras e acesse dados bancários pela televisão. Agora só falta uma oferta agressiva deste tipo de conteúdo pelos canais de TV.

Ainda na área da TV novos modelos de negócio também prometem aparecer. Segundo informações do mercado a Apple fará o lançamento da sua iTV em meados de 2012. O projeto era liderado pessoalmente pelo Steve Jobs, que segundo ele mesmo iria revolucionar o televisor, criando um aparelho integrado e totalmente interativo. Pelo o que se sabe até agora, a Apple TV deve incorporar o assistente de voz Siri, o que substituiria o uso do controle remoto. O iTV também poderia se conectar aos demais produtos da companhia, como iPhone, iPad e iPod, além dos serviços iCloud e iTunes.

Quanto as telas de 3D sem a necessidade do uso de óculos estão cada vez mais maduras e próximas do lançamento comercial em grandes tamanhos.

A computação móvel continuará o caminho rumo ao topo na preferência dos usuários. Nesta área os Tablets, com a oferta de novos modelos nacionais a preços mais “camaradas” devido a redução do imposto, prometem avançar no mercado. O Google também quer sua “fatia” neste milionário bolo e anunciou que seu primeiro Tablet vai chegar ao mercado anda no primeiro semestre de 2012 prometendo uma “competição ainda mais brutal” contra a Apple.

Os fabricantes de Smartphones também não querem ficar atrás e já planejam lançamentos de aparelhos mais rápidos (com processadores de núcleo quádruplo), telas em 3D de altíssima resolução, reconhecimento de voz, face, gestos e objetos (o que está sendo chamado de reconhecimento do “contexto” do usuário). O primeiro parece que será o novo Samsung Galaxy S III com 2 GB de RAM, câmera de 12 megapixels, tela 3D Super AMOLED de alta definição, processador quad-core de 1,5 Ghz e suporte à rede 4G.

A grande ameaça para a computação móvel vai continuar sendo a segurança. Ao lado de toda conveniência e a produtividade que tornam terminais móveis irresistíveis temos as suas ameaças e vulnerabilidades. Por ainda não terem as mesmas proteções dos computadores pessoais e estarem se espalhando pelo mercado, esses dispositivos tendem a se tornar um alvo tentador para ataques que vão desde spyware a disseminação de aplicações maliciosas. Os métodos de ataque são variados como anexos de e-mails, links falsos ou mensagens com conteúdo hostil.

Os Ultrabooks são outra grande promessa de crescimento para 2012. Os ultrafinos, ultrarrápidos e ultra elegantes notebooks já existem, mas parece que terão sua verdadeira ascensão no ano que vai entrar. Estes aparelhos têm todas as vantagens de um notebook, como um teclado, que faz falta em um Tablet, mas com componentes mais potentes.

Um forte abraço e que venha 2012.

Gilberto Sudre

Gilberto Sudre

Professor e Pesquisador da FAESA – Centro Universitário e IFES - Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do ES. Coordenador do Laboratório de Pesquisa em Segurança da Informação e Perícia Computacional Forense - LABSEG. Perito e Assistente Técnico em Computação Forense. Instrutor da Academia de Polícia do ES na área de Computação Forense. Membro da Sociedade Brasileira de Ciências Forenses. Membro da HTCIA - High Technology Crime Investigation Association. Liderança do Singularity University - Vitória Chapter. Membro fundador do DC5527, grupo local da Conferência Internacional de Segurança da Informação DEF CON. Articulista do Jornal A Gazeta. Autor do Blog Conexão Digital. Comentarista de Tecnologia da Rádio CBN e TV Gazeta. Autor dos livros Antenado na Tecnologia e Redes de Computadores e co-autor dos livros Internet: O encontro de 2 Mundos, Segurança da Informação: Como se proteger no mundo Digital, Marco Civil da Internet, Processo Judicial Eletrônico e Tratado de Computação Forense.

Website: http://gilberto.sudre.com.br

2 Comentários

  1. Jessika

    Apesar de ser antigo foi uma boa leitura,parabéns!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

CommentLuv badge

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.