Qual a melhor película de proteção para a tela do seu celular?

 

A maioria dos aparelhos de Celular enviados para reparo em assistências técnicas apresentam como problema algum tipo de dano na tela seja por queda ou impacto direto. A tela é sem dúvida o item mais exposto dos Smartphones e na hora da troca seu valor pode chegar facilmente a mais da metade do preço de um Celular novo. Para tentar proteger este caro item existem as películas mas diante dos vários modelos e materiais qual escolher?

No mercado, os tipos mais comuns de películas são as de vidro e de gel/silicone. A PROTESTE, associação de consumidores, testou estas películas a fim de esclarecer para o consumidor qual a diferença entre elas.

Para avaliar a qualidade destes acessórios os testes foram dos seguintes tipos: de atrito, pressão pontual (que equivale à pressão de um objetivo pontiagudo, como uma caneta ou chave), de impacto, de aplicação e retirada da película e a facilidade de uso (que avalia a sensibilidade ao toque na tela após a colocação).

Nove marcas foram avaliadas e, em meio a pesquisa, foi constatado que o consumidor pode economizar de R$ 22,81 até R$ 25,72 e ainda ter um ótimo produto em mãos.

As marcas que apresentaram o melhor resultado no teste foram a Geonav, a Husky e Hprime.

No teste de resistência à pressão pontual, a Geonav, a Hprime e a Husky, todas de vidro, foram classificadas como muito boas, por não sofrerem qualquer dano. Por sua vez, a Husky, Armyshield e a Intelimix, todas de gel, obtiveram os piores resultados.

Nos testes de retirada e reaplicação os modelos de vidro criaram uma quantidade menor de bolhas, o que significa que os usuários não enfrentarão dificuldades quando realizarem esses procedimentos.

Nos testes de sensibilidade ao toque na tela as películas de vidro obtiveram o conceito máximo. Até mesmo para usuários mais exigentes, como os que usam o Celular para jogar, a película de vidro apresentou uma resposta melhor a toques extremamente sutis e quando a pessoa desliza os dedos sobre a tela.

Pelo resultado dos testes as películas de vidro apresentaram resultados melhores do que as de gel/silicone.

Gilberto Sudré

Gilberto Sudre

Perito e Assistente Técnico em Computação Forense. Professor do IFES e coordenador do Laboratório de Pesquisa em Segurança da Informação e Perícia Computacional Forense.. Coordenador do Cisco Academy Support Center Ifes-ASC. Instrutor da Academia Cisco. Instrutor da Academia de Polícia do ES na área de Computação Forense. Professor da EMERJ - Escola da Magistratura do Estado do Rio de Janeiro no Curso de Aperfeiçoamento de Magistrados – Cibercrimes. Membro da Sociedade Brasileira de Ciências Forenses. Membro da HTCIA - High Technology Crime Investigation Association. Membro do Comitê Técnico CB21/CE27 - Tecnologia da Informação – Técnicas de Segurança da ABNT (Associação Brasileira de Normas técnicas). Membro fundador do DC5527, grupo local da Conferência Internacional de Segurança da Informação DEF CON. Comentarista de Tecnologia da CBN e TV Gazeta. Autor dos livros Antenado na Tecnologia e Redes de Computadores e co-autor dos livros Internet: O encontro de 2 Mundos, Segurança da Informação: Como se proteger no mundo Digital, Marco Civil da Internet, Processo Judicial Eletrônico e Tratado de Computação Forense.

Website: http://gilberto.sudre.com.br

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

CommentLuv badge