Roteador Wifi: Quando é a hora de trocar

 

As redes sem fio atualmente estão em praticamente todas as casas e escritórios e o aparelho que permite este tipo de conexão é o Access Point ou também conhecido como roteador sem fio. Será que estes dispositivos tem prazo de validade e hora para serem trocados?

Pois em geral os usuários frequentemente deixam estes equipamentos esquecidos no canto e quando obsoletos podem causar uma série de problemas e vulnerabilidades nas redes dos usuários.

Vamos conhecer alguns sinais que indicam que está na hora de aposentar seu roteador sem fio.

Se o seu acesso a Internet contratado é de mais de 5 Mbps com a operadora e mesmo assim a conexão permanece lenta, é possível que o problemas seja o roteador. Na hora da troca por um novo dispositivo escolha um que utilize os padrões 802.11g e padrão 802.11ac. Isto garante compatibilidade com equipamentos antigos e novos

Se o problema é o alcance do sinal, isto também pode ser devido a uma antena antiga, e de baixo ganho, e um roteador com baixa potência. Nesses casos, antes de trocar o roteador, a sugestão é tentar trocar a antena por uma de maior ganho ou utilizar um repetidor de sinal. Se nada disto resolver a alternativa é escolher um roteador melhor.

Roteadores mais antigos tem uma séria restrição na quantidade de dispositivos conectados a eles. Como a quantidade de aparelhos conectados tem crescido bastante como Smartphones, Tablets, Smart TVs e Notebooks isto pode impactar significativamente na velocidade da rede. Em alguns casos mais graves levando até ao travamento completo do roteador. Se este é o caso está na hora de substituir o seu aparelho.

Outra questão que evoluiu bastante é a segurança de rede. Os roteadores mais antigos apresentam recursos muito limitados de proteção a rede sem fio. Além de invasões e roubo de sinal, um equipamento comprometido pode acabar revelando informações importantes de seus usuários.

Por ultimo, roteadores antigos podem apresentar lentidão na comunicação devido a interferências de equipamentos como o micro-ondas e o telefone sem fio por estes operarem na mesma frequência (2.4 GHz). A troca por roteadores que operam na frequência de 5GHz pode eliminar estes problemas.

Gilberto Sudre

Gilberto Sudre

Professor e Pesquisador da FAESA – Centro Universitário e IFES - Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do ES. Coordenador do Laboratório de Pesquisa em Segurança da Informação e Perícia Computacional Forense - LABSEG. Perito e Assistente Técnico em Computação Forense. Instrutor da Academia de Polícia do ES na área de Computação Forense. Membro da Sociedade Brasileira de Ciências Forenses. Membro da HTCIA - High Technology Crime Investigation Association. Liderança do Singularity University - Vitória Chapter. Membro fundador do DC5527, grupo local da Conferência Internacional de Segurança da Informação DEF CON. Articulista do Jornal A Gazeta. Autor do Blog Conexão Digital. Comentarista de Tecnologia da Rádio CBN e TV Gazeta. Autor dos livros Antenado na Tecnologia e Redes de Computadores e co-autor dos livros Internet: O encontro de 2 Mundos, Segurança da Informação: Como se proteger no mundo Digital, Marco Civil da Internet, Processo Judicial Eletrônico e Tratado de Computação Forense.

Website: http://gilberto.sudre.com.br

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

CommentLuv badge