Segurança do Windows e Linux

Oi Gilberto. O que torna o LINUX mais protegido do ataque de vírus do que o WINDOWS? Quais os vírus no mercado pra LINUX??

Pedracini – Vitória (via Internet)

Bom dia Pedracini. Várias questões fazem do Linux um ambiente um pouco mais seguro do que o Windows:

– Ele segue a filosofia do Software Livre onde é desenvolvido a muitas mãos e seu código fonte é aberto podendo ser auditado e testado por várias pessoas e instituições. Com isto os erros podem ser encontrados e solucionados mais facilmente.

– O Linux possui um acesso completamente separado para o usuário e para o administrador do sistema. Com isto caso você esteja acessando o sistema como um usuário comum e sofrer o ataque de um vírus o mesmo não vai conseguir alterar e infectar o sistema já que a senha de usuário não possui direitos para isto.

– Velocidade de correção de bugs. Devido ao citado anteriormente a velocidade de correção de erros ou vulnerabilidades no Linux é muito mais rápida do que em outros sistemas. Com isto as ameaças tem muito menos tempo para atacar as brechas existentes

Sobre a questão de vírus para o Linux, de maneira resumida não existem vírus para o Linux, existem alguns vírus “testes de conceitos” que foram criados para tentar burlar alguma proteção do Linux, alguns conseguem, mas em casos bem específicos.

Mesmo assim quando conseguem, o campo de ataque do vírus se restringem, na maioria dos casos, a própria pasta do usuário (devido a primeira diferença que eu citei). Nenhum vírus ainda (do meu conhecimento) conseguiu o feito de se espalhar remotamente.

Como afirmei o Linux, assim como qualquer aplicativo, não é 100% seguro apenas tem alguns recursos que o tornam mais seguro que outros sistemas que temos no mercado.

(GS)

Gilberto Sudre

Perito e Assistente Técnico em Computação Forense. Professor do IFES e coordenador do Laboratório de Pesquisa em Segurança da Informação e Perícia Computacional Forense.. Coordenador do Cisco Academy Support Center Ifes-ASC. Instrutor da Academia Cisco. Instrutor da Academia de Polícia do ES na área de Computação Forense. Professor da EMERJ - Escola da Magistratura do Estado do Rio de Janeiro no Curso de Aperfeiçoamento de Magistrados – Cibercrimes. Membro da Sociedade Brasileira de Ciências Forenses. Membro da HTCIA - High Technology Crime Investigation Association. Membro do Comitê Técnico CB21/CE27 - Tecnologia da Informação – Técnicas de Segurança da ABNT (Associação Brasileira de Normas técnicas). Membro fundador do DC5527, grupo local da Conferência Internacional de Segurança da Informação DEF CON. Comentarista de Tecnologia da CBN e TV Gazeta. Autor dos livros Antenado na Tecnologia e Redes de Computadores e co-autor dos livros Internet: O encontro de 2 Mundos, Segurança da Informação: Como se proteger no mundo Digital, Marco Civil da Internet, Processo Judicial Eletrônico e Tratado de Computação Forense.

Website: http://gilberto.sudre.com.br

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

CommentLuv badge