Taxa de Compactação

Olá Gilberto. Recebi uma “ISO” compactada no formato “RAR”. O arquivo tem pouco mais de 500MB mas quando descompactei a imagem o arquivo resultante ficou com mais de 3GB. Minha pergunta é como se faz para compactar tanto um arquivo? Já procurei fóruns, tutoriais de compactação e ninguém me explica como pode-se chegar a esta taxa de redução. Já tentei todas as opções permitidas pelo “Winrar” e a redução dos arquivos que testei foram sempre muito pequenas. Alguma sugestão?

Ednei – Vitória

Olá Edinei. A taxa de redução do tamanho dos arquivos alcançada pelos algoritmos de compressão vai depender do tipo de dado processado. Por exemplo, se você compactar arquivos do tipo JPG, MP3 ou AVI a redução nos arquivos vai ser mínima, em alguns casos o arquivo resultante pode ser até maior do que o original. Isto acontece porque o conteúdo destes arquivos já está compactado.

De outra forma, arquivos do tipo DOC, ODT, TXT ou BMP, quando compactados, apresentam uma taxa de compressão significativa podendo até a 80% do tamanho do arquivo.

Assim a “mágica” está no tipo da informação a ser compactada.

(GS)

Gilberto Sudre

Professor do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do ES - IFES. Consultor e Pesquisador nas áreas de Segurança Digital e Computação Forense. Coordenador do Laboratório de Segurança Digital e Perícia Computacional Forense – LABSEG. Integrante do Comitê de Tecnologia da OAB-ES. Instrutor na disciplina de Perícia Computacional Forense da Academia de Polícia Civil do ES – ACADEPOL. Instrutor da Academia de Computação Forense Livre. Membro do comitê técnico CB21/CE27 da ABNT sobre Segurança da Informação. Membro do Grupo de Pesquisa – Justiça e Direito Eletrônicos – GEDEL. Comentarista de Tecnologia da Rádio CBN, TV Gazeta. Articulista do Jornal A Gazeta, Revista ES Brasil e Portal iMasters. Autor dos livros Antenado na Tecnologia e Redes de Computadores e co-autor dos livros Internet: O encontro de 2 Mundos, Segurança da Informação: Como se proteger no mundo Digital, Marco Civil da Internet e Processo Judicial Eletrônico.

Website: http://gilberto.sudre.com.br

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

CommentLuv badge