TV de alta definção: Qual tecnologia escolher?

A escolha de uma TV de tela plana e alta definição não é uma tarefa fácil, basta ver a imensa quantidade de características e tamanhos diferentes que encontramos nas TVs que estão a venda. Para complicar ainda mais a questão, TVs com uma nova tecnologia, chamada de LED, começam a chegar no mercado. Além do LCD e Plasma o LED também é uma opção.

E agora, qual escolher? O que cada uma tem de melhor? Vamos analisar cada tecnologia.

Na tecnologia de Plasma cada pixel (ou ponto da imagem) é formado por uma célula cheia de um gás. Dependendo da corrente elétrica que atravessa a célula, esta envia luz de uma cor diferente.

As grandes vantagens desta tecnologia são o excelente brilho e contraste da imagem exibida, podendo a TV ser utilizada mesmo em locais bastante iluminados. Como o Plasma atualiza muitas vezes por segundo a imagem exibida as cenas com movimento não aparecem borradas.

Mas nem tudo é perfeito, assim algumas coisas não funcionam como deveriam: o peso das TVs de Plasma são muito superiores as suas irmãs de tecnologias diferentes mas tamanhos iguais. O consumo de energia é outra questão a ser analisada por ser muito superior ao das TVs de LCD. Modelos antigos podem apresentar ainda o problema de “sombra” na tela quando algumas partes da imagem ficam estáticas muito tempo marcando permanentemente o display.

A tecnologia de LCD é de longe a mais popular. Seu funcionamento está baseado em pontos em Cristal Liquido que podem ficar translúcidos ou opacos a partir de um pulso elétrico. São TVs muito leves e devido ao volume de venda seus valores estão caindo dia a dia

As TVs de LCD também apresentam alguns problemas como um baixo contraste entre a parte preta e branca da imagem e, em alguns casos, a exibição de um rastro na imagem quando a cena apresenta muito movimento.

Na nova tecnologia de LED cada ponto ou pixel da tela é formado por um conjuntos de diodos emissores de luz (LEDs) com as cores primárias (vermelho, azul e verde). As vantagens das TVs de LED são o baixo consumo (apenas 40% da energia requerida por TVs de LCD) além de um excelente brilho e nitidez, muito superiores as TVs de LCD e Plasma.

Como toda tecnologia nova o problema está no preço, muito alto. Estas TVs ainda não são encontradas em tamanhos grandes.

Por tudo isto não tenha pressa na escolha da sua nova TV. Veja, compare preços e características para não errar na hora da compra.

Gilberto Sudré

Gilberto Sudre

Professor do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do ES - IFES. Consultor e Pesquisador nas áreas de Segurança Digital e Computação Forense. Coordenador do Laboratório de Segurança Digital e Perícia Computacional Forense – LABSEG. Integrante do Comitê de Tecnologia da OAB-ES. Instrutor na disciplina de Perícia Computacional Forense da Academia de Polícia Civil do ES – ACADEPOL. Instrutor da Academia de Computação Forense Livre. Membro do comitê técnico CB21/CE27 da ABNT sobre Segurança da Informação. Membro do Grupo de Pesquisa – Justiça e Direito Eletrônicos – GEDEL. Comentarista de Tecnologia da Rádio CBN, TV Gazeta. Articulista do Jornal A Gazeta, Revista ES Brasil e Portal iMasters. Autor dos livros Antenado na Tecnologia e Redes de Computadores e co-autor dos livros Internet: O encontro de 2 Mundos, Segurança da Informação: Como se proteger no mundo Digital, Marco Civil da Internet e Processo Judicial Eletrônico.

Website: http://gilberto.sudre.com.br

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

CommentLuv badge