TV: O novo campo de batalha entre o Google e a Apple

Google e Apple, dois gigantes do mercado de tecnologia, disputam agressivamente a preferência dos usuários em muitas áreas como sistemas operacionais para celulares (Android x IOS), portais para aluguel de vídeos (YouTube x iTunes) e sistemas operacionais para computadores (Chrome OS x Mac OS). Agora uma outra área de competição está criada, a TV.

Já lançado a algum tempo o Apple TV está baseado em um dispositivo (vendido nos EUA por U$ 99) que possui conexões HDMI, Ethernet e Wi-Fi 802.11n. Com este aparelho o usuário pode alugar, via Internet, seriados e programas de TV. Várias emissoras norte-americanas já possuem conteúdos para a TV da Apple. Os valores dos alugueis nos EUA são de US$ 0,99 por seriado e US$ 4,99 por cada filmes em alta definição.

Pois o Google não poderia ficar fora deste imenso mercado e fez o seu lançamento. A chamada Google TV tem uma proposta diferente da oferecida pela Apple. No caso do produto do Google a ideia não é apenas oferecer conteúdo da TV via Internet e sim integrar os dois meios. Com ela o usuário tem acesso a uma barra de busca rápida dentro da TV que permite a procura do que gostaria de assistir no momento, seja via YouTube ou por meio de uma emissora parceira.

Mas isto não é tudo, o telespectador (ou seria Internauta?) também poderá instalar aplicativos diretamente da web na Google TV como um cliente do Twitter ou ter acesso a previsão do tempo.

O Google já tem um acordo firmado com a Sony para que esta tecnologia venha embutida em algumas de suas TVs. Para quem desejar utilizar um televisor existente a Logitec, outra parceira do Google, acaba de lançar um set-up box com esta funcionalidade e conexão HDMI. É claro que esta “caixa” utiliza o sistema operacional Android. A própria Sony já indica a possibilidade de adoção do Google TV no PlayStation 3 e outros aparelhos de Blu-ray.

Mas o que realmente interessa ao Google? Além de aumentar o número de usuários de seu portal de busca serão veiculadas propagandas junto com o conteúdo de vídeo.

E quando teremos o Google TV no Brasil? Segundo executivos do portal de busca o lançamento internacional do produto acontecerá em 2011. É esperar para saber quando a novidade irá aparecer por aqui. Se você ficou interessado acesse http://www.google.com/tv/ para saber outras informações.

Ainda não dá para saber se teremos um vencedor ou quem será ele. O importante é que quem sai ganhando com toda esta disputa somos nós usuários com serviços e tecnologias que facilitam a nossa vida.

Gilberto Sudré

Gilberto Sudre

Professor do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do ES - IFES. Consultor e Pesquisador nas áreas de Segurança Digital e Computação Forense. Coordenador do Laboratório de Segurança Digital e Perícia Computacional Forense – LABSEG. Integrante do Comitê de Tecnologia da OAB-ES. Instrutor na disciplina de Perícia Computacional Forense da Academia de Polícia Civil do ES – ACADEPOL. Instrutor da Academia de Computação Forense Livre. Membro do comitê técnico CB21/CE27 da ABNT sobre Segurança da Informação. Membro do Grupo de Pesquisa – Justiça e Direito Eletrônicos – GEDEL. Comentarista de Tecnologia da Rádio CBN, TV Gazeta. Articulista do Jornal A Gazeta, Revista ES Brasil e Portal iMasters. Autor dos livros Antenado na Tecnologia e Redes de Computadores e co-autor dos livros Internet: O encontro de 2 Mundos, Segurança da Informação: Como se proteger no mundo Digital, Marco Civil da Internet e Processo Judicial Eletrônico.

Website: http://gilberto.sudre.com.br

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

CommentLuv badge