Você descobriu que seu computador foi infectado.. e agora?

Uma das grandes ameaças para quem usa a Internet são os Vírus de Computador. Estes programas são códigos maliciosos que tentam danificar, apagar ou roubar suas informações gravadas no computador. Estes atacantes podem até transformar seu micro em uma fonte de novos ataques a outros internautas.

Mesmo que você tome todos os cuidado durante a navegação e utilize as ferramentas para proteção o risco de um destes invasores se instalar no seu computador está presente. Lembre-se, nenhum aplicativo de proteção é 100% seguro.

Um dia você nota que seu computador está lento, tem alguns comportamentos estranhos, abre janelas e sites sem ser solicitado ou mesmo sente falta de alguns arquivos. É parece que um novo “morador” acaba de se instalar no seu micro. Não fique desesperado, isto pode acontecer a qualquer um e o tamanho do “estrago” vai depender do você fizer a partir de agora.

É claro que você pode chamar um técnico para te auxiliar no processo de identificação e desinfecção do vírus, mas se você não tem acesso a esta ajuda, alguns procedimentos simples podem fazer a diferença na recuperação do sistema.

A primeira coisa a fazer é verificar se a cópia de backup de seus dados, links favoritos e mensagens está em dia. Se não estiver é hora de fazer pois os procedimentos a seguir podem tornar o micro instável ou inacessível.

Caso seu computador esteja conectado a uma rede local desconecte-o da rede para evitar que ele possa infectar outros micros que façam parte da mesma rede.

Com as cópias de backup prontas é hora de atualizar as ferramentas de anti-vírus e anti-spyware e promover uma varredura completa em todas as partições instaladas no computador. Neste momento podem ser encontrados vírus e dependendo do tipo de infecção será necessário a remoção dos arquivos. Se você não tem um anti-vírus instalado no seu computador este é uma excelente momento de fazer isto. Você pode escolher entre algumas opções gratuitas (para uso doméstico) como o Avast (http://www.avast.com) ou o Avira (http://www.avira.com).

Como nenhuma ferramenta de anti-vírus é 100% garantida, uma boa opção é fazer o mesmo procedimento de varredura das partições com um produto diferente. As chances de identificação e remoção dos vírus aumenta muito.

Lembre-se que os dispositivos removíveis de armazenamento como Pen-drives e discos externos também podem estar infectados. Por isto também faça a varredura com os aplicativos de anti-vírus nestas unidades.

Gilberto Sudré

Gilberto Sudre

Perito e Assistente Técnico em Computação Forense. Professor do IFES e coordenador do Laboratório de Pesquisa em Segurança da Informação e Perícia Computacional Forense.. Coordenador do Cisco Academy Support Center Ifes-ASC. Instrutor da Academia Cisco. Instrutor da Academia de Polícia do ES na área de Computação Forense. Professor da EMERJ - Escola da Magistratura do Estado do Rio de Janeiro no Curso de Aperfeiçoamento de Magistrados – Cibercrimes. Membro da Sociedade Brasileira de Ciências Forenses. Membro da HTCIA - High Technology Crime Investigation Association. Membro do Comitê Técnico CB21/CE27 - Tecnologia da Informação – Técnicas de Segurança da ABNT (Associação Brasileira de Normas técnicas). Membro fundador do DC5527, grupo local da Conferência Internacional de Segurança da Informação DEF CON. Comentarista de Tecnologia da CBN e TV Gazeta. Autor dos livros Antenado na Tecnologia e Redes de Computadores e co-autor dos livros Internet: O encontro de 2 Mundos, Segurança da Informação: Como se proteger no mundo Digital, Marco Civil da Internet, Processo Judicial Eletrônico e Tratado de Computação Forense.

Website: http://gilberto.sudre.com.br

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

CommentLuv badge