Você sabe identificar produtos de TI falsificados?

O mercado de produtos de informática movimenta milhões de reais anualmente e isto gera o interesse de falsificadores para enganar os consumidores com produtos falsos. Além do prejuízo financeiro, os produtos falsos podem causar problemas muito mais graves como por exemplo danos a saúde de seus usuários.

Vamos conhecer algumas dicas para você acabar não levando gato por lebre.

Começando pelos cartuchos de tinta para impressoras do tipo Jato de Tinta ou toner para impressoras a laser. Neste caso o prejuízo para o consumidor é uma impressão de má qualidade, cartuchos que duram quase nada e até possíveis danos as impressoras. Para identificar se o acessório é verdadeiro observe se possuem etiquetas (selos) holográficos. Estas etiquetas mudam de cor e o que exibem quando mudamos o ângulo de visão. A embalagem lacrada também indica um produto original.

No caso dos pendrives e cartões de memória o problema com os dispositivos falsos é a perda de informações gravadas. Uma falha comum é a informação errada sobre a capacidade de armazenamento, ou seja, você compra um pendrive de 32GBytes mas na verdade é um pendrive de 4GBytes modificado para “parecer” ter muito mais capacidade. Nestes pendrives, se você gravar mais de 4GBytes os dados excedentes serão perdidos.

E como saber se o pendrive ou cartão de memória é falso? O ideal é poder testá-lo conectando-o ao computador, verificando se o nome do fabricante aparece na conexão e tentando gravar informações. Como nem sempre isto é possível comece a desconfiar caso os valores estejam muito abaixo dos preços que você viu em outros locais (Descontos de 50% são irreais). Pegue duas ou três peças do produto e compare os números de serie, eles não podem ser iguais. Apesar de não ser uma regra as marcas mais copiadas deste tipo de dispositivo são Corsair e Kingston. Este último fabricante inclusive criou um site (http://www.kingston.com/Brasil/verify/) para auxiliar na identificação de dispositivos falsos.

Com a grande popularidade era de se esperar que os Smartphones e Tablets também seriam falsificados e são, principalmente aqueles mais vendidos. Especificamente neste tipo de aparelho, além dos prejuízos financeiros com defeitos e mal funcionamento precoces algo mais grave pode afetar os usuários. Como estes aparelhos não passam por nenhum tipo de controle de qualidade ou aprovação dos órgãos fiscalizadores é comum que a potência de transmissão seja muito acima do recomendado assim como as baterias podem se incendiar e até explodir.

E como evitar os produtos falsos? Em geral as falsificações são fáceis de serem identificadas quando você observa o produto de perto. Verifique que o peso normalmente é menor do que o original, os botões estão mais “soltos”, o acabamento é mais grosseiro e os logotipo estão mal aplicados. O software embarcado no dispositivo também apresenta uma interface diferente do verdadeiro.

É bom ficar esperto quando for adquirir estes produtos e sempre dê preferência a lojas ou fornecedores confiáveis, seja em endereços físicos ou na Internet.

Gilberto Sudré

Gilberto Sudre

Professor do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do ES - IFES. Consultor e Pesquisador nas áreas de Segurança Digital e Computação Forense. Coordenador do Laboratório de Segurança Digital e Perícia Computacional Forense – LABSEG. Integrante do Comitê de Tecnologia da OAB-ES. Instrutor na disciplina de Perícia Computacional Forense da Academia de Polícia Civil do ES – ACADEPOL. Instrutor da Academia de Computação Forense Livre. Membro do comitê técnico CB21/CE27 da ABNT sobre Segurança da Informação. Membro do Grupo de Pesquisa – Justiça e Direito Eletrônicos – GEDEL. Comentarista de Tecnologia da Rádio CBN, TV Gazeta. Articulista do Jornal A Gazeta, Revista ES Brasil e Portal iMasters. Autor dos livros Antenado na Tecnologia e Redes de Computadores e co-autor dos livros Internet: O encontro de 2 Mundos, Segurança da Informação: Como se proteger no mundo Digital, Marco Civil da Internet e Processo Judicial Eletrônico.

Website: http://gilberto.sudre.com.br

4 Comentários

  1. Esta informações precisam ser publicadas com mais frequências para termos acesso pois são de grande valia em nosso cotidiano

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

CommentLuv badge